Toca as músicas que as mulheres gostam



Os caras tão subindo aí pra te pegar.
Tinha veneno no seu prato.
Toca música pras mulheres ouvirem.

Qualquer uma das frases acima me proporcionam a mesma sensação. Para acabar com um pagode é só chegar um galanteador de plantão e pedir para tocar as músicas da moda para impressionar o público feminino presente. Porém, no último sábado, foi diferente:

Traz os couros, o banjo tá no jeito, vai rolar o tradicional Pajuca (pagode com fejuca) aqui em casa.
Cheguei na roda, onde sempre rolam sambas de primeira e fui surpreendido com a frase: puxa para o lado comercial. Não entendi muito bem, mas achei o tom e deixei eles cantarem. Segui a lei do mínimo esforço para ver onde isso iria parar.
O problema é que pediram as músicas que achavam que as meninas gostavam, antes de perguntar o que elas queriam ouvir.
De repente uma delas me chama e diz: canta um partido ou um bom samba dolente, sem mela-mela.
Pronto. Já que pediram, vou cantar o que as meninas pediram. Bem que poderia ser sempre assim.


A chama não se apagou


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...