Cinco da manhã – Diário de um partideiro

Bate no despertador, dorme. Bate de novo, cochila. Deixa tocar e levanta. Banho gelado pra espantar a preguiça, toma um café preto e desce o morro até o ponto. Dá sinal para primeira lotação que vê, já imagina que está cheia como sempre. Não reclama.

Assuntos: novela, BBB, futebol. Bota o fone no celular. Pop, notícias, pagode lerê lerê. Ainda não é a trilha ideal para a viagem. Procura um álbum salvo na memória do aparelho. Candeia. Pra minha mulher deixo amor sentimento. Desce um passageiro. Sobem oito. Para os meus filhos deixo o bom exemplo. Freada brusca para ajeitar a carga. Próximo ponto é o destino. Não consegue descer, é difícil se mexer aqui. Salta na próxima parada. Faz um verso. Chega no trabalho feliz e, ainda assim, Na paz do Senhor.

A chama não se apagou

@camposdennis

3 comentários:

  1. esta é a vida do brasileiro!!! na paz do senhor

    ResponderExcluir
  2. um bom partideiro consegue ver samba no caos e como boa admiradora agradeço a Deus!!

    ResponderExcluir
  3. Está ai mais uma função do samba: amenizar a dura realidade

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...