A regra dos seis

Como em todo estilo musical, existem músicas que marcam época. Muitas delas são verdadeiras obras-primas e que, em função disso, foram e são tocadas incansavelmente em rádios e rodas de samba.

Pois é, destino por que fazeis assim: transforma clássicos em músicas que sinto muito amor, não podem mais ser tocadas com a mesma freqüência?

É meu caro sambista, se você, como eu anima as rodas nos churrascos de final de semana, você sabe o que é marcar um dia, em sua agenda pra tocar músicas que você já cantou mais vezes na sua vida do que o "parabéns pra você" (aliás essa também poderia estar na regra do seis de qualquer grupo ou banda, de qualquer estilo).

Madalena, Madalena, vou sair por ai, para buscar novos sambas pro meu repertório, e sugiro que você sambista também faça o mesmo, pois o meu conselho é pra te ver feliz.

E você qual é a sua regra do seis? Para te ajudar a lembrar vai um samba abaixo.

A chama não se apagou

@camposdennis

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...