Taxa de serviço? Tá um esculacho

Realmente tá todo mundo querendo dar voltas.
Será que sou só eu que acho um absurdo a cobrança de 10% de garçom?
Se você dá a mão não tem jeito, logo querem o pé.
Veja só: no tempo de Don don, a gorjeta era uma cortesia. Algo que algumas pessoas, davam por serem bem atendidos, já que naquela época atendimento bom era um a cada doze. Pois a concorrência era muito baixa e, em alguns casos quase inexistente. Ou seja, era um prêmio aos bons.
Com o avanço do capitalismo, aumentou a concorrência, com isso houve uma melhora geral no atendimento e a boa e velha gorjeta poderia ser deixada de lado, certo? Depende de cada um e da sua vontade no dia. Maaaaaaaaaas, como já foi lembrado, estamos no capitalismo, inventaram uma taxa de serviço.
Essa cobrança é um acréscimo de 10% sobre o serviço, que vem escondido na conta e, dependendo do local, é quase uma ofensa se você recusar pagar.
Ué, se um fast-food anúncio que a esfiha é R$0,89 e sua conta vem R$0,98, na verdade a esfiha te custou R$1,00, pois eles não te devolveram R$0,02. E vai falar que você não quer pagar a taxa. A pergunta é: o senhor foi mal atendido? Não, mas se eu falasse que não pagaria eu seria mal atendido, então?
A questão não é, de maneira nenhuma, sobre os 10%, mas sobre a atitude infundada. Para mim, cada empresa que pague seus funcionários. Nunca vi ninguém me atender melhor que o vendedor de carros, que se eu tiver com sede o cara me pergunta se eu quero água, Heineken ou chá gelado. Imagina se a concessionária cobrasse 10% de serviço.
Bom, espero que eu não seja o único ser que ache isso um absurdo. Como diria Nei e Wilson: tá um esculacho.


A chama não se apagou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...