Subúrbio, O meu lugar


Em cada esquina um pagode, num bar.
Buraco, suéca, pro tempo passar.
E la la la ia e la la la ia...

Se não fosse o la la ia, poderíamos passar horas falando do subúrbio, um bom ambiente e um lugar tranquilo pra quem quer amar, cantar e fazer um pagode.
Lá no subúrbio tudo é festa e aquarela, a amizade prevalece e o capitalismo ainda não é o principal fator.

Aniversário não tem lista de convidados, os bicões aparecem, mas a festa continua.
A lei do silêncio perde a validade aos finais de semana.
Lá tem samba até de manhã.
E alvorada lá no subúrbio é uma beleza, ninguém chora não há tristeza e a natureza é mais próxima.

É por essas e outras que quem mora no subúrbio jura que não sai de lá nem se ficar rico.


A chama não se apagou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...